22 de jul de 2014

fraldas de pano modernas - as perguntas que eu mais ouço (parte II)

depois de uma pausa merecida (férias!), vamos a segunda parte do post sobre as fraldas de pano.
e sem muitas delongas, porque novamente tem muita coisa pra falar!


elas não dão trabalho?
não muito. as fraldas são uma maquinada extra, uma pilha a mais pra lavar. e por lavar, entenda colocar na máquina, ligar, esperar, estender, recolher. entra tranquilamente na rotina de lavagem de roupa aqui em casa.
o que dá um trabalhinho é montar as fraldas, pois eu deixo os absorventes já dentro das capas, prontas para o uso. mas veja, faço isso enquanto assisto TV.
tem mulher que prefere montar na hora.


mas... e o cocô??
o cocô dá mais trabalho quando é do bebê que mama exclusivo. como eles grudam, são pastosos e fazem aquela meleira, o lance é pré-lavar mesmo. tacar debaixo da torneira e dar uma leve esfregada pra tirar o excesso. mas veja, os tecidos internos das fraldas de pano são aqueles que não absorvem nada, um jato de água forte e boa parte da nhaca vai pelo ralo.
há também, para facilitar a vida, os liners, que são "folhas" que se coloca entre a fralda e o bumbum do bebê. objetivo é justamente segurar os sólidos (ou "pasta" hahah) pra não sujar demais as fraldas. os liners podem ser de duas formas: biodegradáveis ou reutilizáveis.
os biodegradáveis são de alguma fibra natural (já vi de milho e bambu) que pode ser jogada na patente e dar descarga (eles dissolvem na água). compra-se rolinhos de 100 folhas em lojas de produtos para fraldas de pano.
os reutilizáveis, como o próprio nome sugere, é de tecido. daí você pode escolher e fazer sozinha, geralmente usam poliéster ou pegam um tecido fraldado mesmo (aqueles de fazer paninho de boca) e cortam na medida. daí eles da pra ferver, bater loucamente na máquina, etc.
é só escolher o que lhe serve melhor. eu usei muito pouco liner, o autran nunca foi muito cagão (hahah).

quando o bebê estiver comendo mais que mamando, a pasta vai embora e a coisa fica mais fácil. da pra jogar os sólidos direto na privada e dar descarga e o que fica na fralda é quase nada. mas se quiser continuar usando liner, à vontade.


aí, ó... da trabalho sim!
não vou dizer que agradável esfregar fralda. e a gente enfia a mão na merda de qualquer jeito, com fralda de pano ou descartável, afinal toda mãe é fartamente presenteada com aquelas cagadas que sujam até o pescoço da criança.


e como você lava?
primeiro preciso lembrar de duas coisas:
- é legal as fraldas terem um balde próprio para seu armazenamento.
- existem vários métodos de lidar com as fraldas. o que eu vou descrever foi o que mais se adaptou à minha rotina.

deixo acumular fraldas por dois ou três dias, em um balde na lavanderia. o ideal é um balde fechado, mas o meu é aberto mesmo, pois a lavanderia é ventilada.
separo as fraldas de xixi e as de cocô. as de xixi eu tiro o absorvente de dentro e jogo capa e absorvente na máquina. as de cocô eu vou tirar o excesso e depois junto com as de xixi na máquina. tudo junto, dou um pré-enxágue pra tirar excessos. depois, adiciono algum produto para lavar e dou um ciclo completo com enxágue extra.
ou seja, no total, a máquina enche três vezes. como o nível da água é médio, não demora muito.
tem gente que prefere lavar as fraldas pré-enxaguadas com a roupa da criança, e assim lavar tudo de uma vez. eu prefiro lavar separado.

os produtos para lavar merecem atenção.
as fraldas de pano não podem ser lavadas com sabão em excesso! especialmente aqueles que fazem muita espuma e deixam um cheiro maravilhoso nas roupas. quanto menos química grudadas nas fibras, melhor. o ideal é lavar somente com água, mas ninguém aguentaria o futum.
novamente, há vários modos de lavar as fraldas. há quem use sabão de coco, vinagre, óleo de malaleuca, alvejante (não recomendado), desinfetante... eu prefiro usar esses aqui:


essa redinha aí é onde coloco as fraldas com velcro pra não ficar tudo grudado hah

sim, detergente neutro é ótimo! não faz muita espuma e tira o mau cheiro.
sim, bicarbonato de sódio é ótimo! especialmente pra tirar manchas.
sim, vanish é ótimo, mas não uso em toda lavagem. além de caro, tem todo aquele lance da química e tal.
a quantidade não passa de uma tampinha de garrafa pet por nível médio de água. ou seja, é um TIQUINHO mesmo.
amaciante é expressamente proibido.
quem tem neura com roupa branquinha e cheirosinha vai sofrer um pouco até desapegar. as fraldas ficam com cheiro de sol e mancha é apenas uma mancha.


mas e quando você sai de casa, como faz com as fraldas usadas?
tem as pessoas que preferem usar descartáveis quando saem. mas há os que usam fraldas de pano mesmo na rua.
na segunda opção, não tem segredo. há os sacos impermeáveis, ótimos pra roupa suja e fralda usada.


ele pode ser lavado junto com as fraldas ou as roupas do bebê, como é impermeável, não deixa cheiro na bolsa. é uma mão na roda. o meu tem dois bolsos, geralmente coloco a fralda limpa, dobradinha, do bolso pequeno e a fralda usada no bolso grande.
mas pode acontecer de a gente esquecer o saco e acabar se deparando com uma fralda suja nas mãos. muitas bolsas de bebê já vem com um compartimento interno, com zíper e tudo. guarda ali e tira assim que chegar em casa (mas só em caso de emergência: fica cheiro de xixi (sai com o sol). ou basta improvisar: já andei com fralda cagada dentro de sacolinha de mercado na bolsa.


vem cá, tem mais produtos específicos?
o liner é completamente opcional. o saco impermeável, idem.
mas ambos facilitam MUITO e tem sua utilidade.


---

fim da segunda parte.
em breve, a terceira e última ^^

(parte I | parte III)