21 de ago de 2012

a vida sexual da mulher feia.

david ter juntado minha bolsa esfarrapada do chão foi o suficiente para eu perder o sono por ele. para eu persegui-lo no buffet, gastar uma fortuna em táxis, errar a contabilidade da empresa em que trabalhava, sonhar barbaridades a qualquer momento do dia, horário comercial incluído. alguém já disse que as mulheres não se apaixonam por uma pessoa, e sim pelo amor. eu arriscaria um adendo: e as mulheres feias não se apaixonam pelo amor, e sim por um fiapo de amor-próprio.
(claudia tajes)