29 de mar de 2013

kicks from the inside.

ele já tem cílios, sobrancelhas, pálpebras, lábios e brotos dentários - isso quer dizer que o rosto do seu filho tem uma fisionomia definida. o cérebro continua em acelerado e constante desenvolvimento, que prosseguirá, em alta intensidade, até os 5 anos de idade da criança.

gente, a fome!
toda a cara de nojinho do mês passado se transformando no risinho de gordinha feliz com o cheiro de comida no ar. sinto que ganhei algum peso. tá complicado manter a calma. até porque se eu exagerar, eu passo mal. lembram que eu disse que parece que eu fiz redução de estômago? a sensação continua. daí eu como mais do que suporto e fico achando que vou morrer empanturrada. todo-santo-dia.

o quinto mês é uma delícia. já me identificam como grávida, então já dá pra ter aquela postura de andar igual pata e empinar a barriga pra frente sem medo. ainda não sinto o desconforto do terceiro trimestre nem o mal-estar do primeiro, então estou na fase ~ideal. já sinto o bebê mexer - e bastante.

em breve saberei o sexo, escolherei o nome e entrarei no maravilhoso mundo dos apetrechos para bebês ^.^
enquanto isso, vou esperando e indo ao banheiro a cada meia hora.

26 de mar de 2013

looks: uma linha do tempo.

como muita gente deve saber, eu tenho uma turma de amigos na internet. nos conhecemos pelo orkut, em 2005, e continuamos amigos até hoje. alguns tive oportunidade de conhecer pessoalmente, outros ainda não. considero um goal na vida, um dia, saber como é cada um tete-a-tete.
entre vários itens desse clube (brasão, fórum, etc), nós temos um blog ~fashion~. como a gente não convive diariamente, surgiu a ideia de fotografarmos o que vestimos - inspirados nos blogs fashionistas e tirando um sarro, ao mesmo tempo.
estava relendo alguns posts e me deparei com um meu (óbvio que não iria reproduzir coisas dos outros heh) que, de tão ridículo, é super engraçado. porém, o conteúdo do blog é privado, então pensei em republicar o post aqui no meu blog pessoal.

prontos pra uma viagem no tempo?
senta que lá vem:

e ai, como anda essa gente linda e bem vestida?

eu vou ser bem sincera e dizer que copiei esse post descaradamente do blog "todo dia um look". na verdade eu tava com uma ideia mais ou menos parecida na cabeça já fazia alguns dias, mas do que adianta falar né? (a minha ideia consistia em pegar uma foto de quando éramos criança e meio que "reproduzir" a vestimenta com peças atuais. trabalho demais, eu sei).
fato é que eu achei esse modo mais interessante e menos desgastante hah.

então vamos ver a linha do tempo da pequena e nipônica amanda? só preciosidades ^.^


#1: olha que coisa mais bonitinha? esse era o tempo do orfanato, em que a gente tinha que vestir as roupas das crianças que eram adotadas e ganhavam roupas novas dos pais novos. hahah mentira. eu me lembro exatamente desse dia, dessa foto e dessa roupa. essa calça - que até pros padrões da época era "exótica" - é cintura alta e o charme dela era ser larguinha e curta. detestava. essa blusa, me lembro bem, eu não ligava em usar. não sei o nome desse tipo, mas era uma certa modinha, ela é curta e larga, tem esse arzinho ~desojado/lavadera fashion~ tipo as de ombro caído de hoje em dia. a franjinha me da um ar indígena e o +plus+ da foto são os sapatos. OS SAPATOS. sapatos que faziam as mães gemerem quando viam, de tão lindos. era de verniz, escorregava, porém me sentia uma princesinha oriental com eles.

#2: toda montada pra balada ~rs. a galera ri dessa roupa, mas era o top-top em 1989/90. e deixa só as filhas dessa galera que ri, ver fotos delas com esmaltes flúor nas unhas. é o equivalente. eu gosto dessa composição, do laranja no amarrador de cabelo, nos detalhes da blusa, no shorts e no cadarço do tênis. mamãe sempre foi muito fashionista. não lembro de detalhes do look, então não vou comentar. vamos só contemplar :~

~ as fotos 3 e 4 estão invertidas na ordem, então eu vou comentar a 4 primeiro kkk

#4: olha como a puberdade é cruel com a gente? foto tirada no dia da mudança do paraná pra bahia, uma foto simbólica dando "tchauzinho", ainda de pijamas. lembro que esse dia estava bem frio e, infelizmente cortaram meus pés, mas eu lembro com nitidez que usava meias coloridas e um clássico chinelo rider rosa. não tenho muito o que falar, estou usando uma calça e um blusa de moleton totalmente aleatórios. e essa imagem também é pra mostrar que até as mais lindas das meninas tem fotos com parede podre.


#3: nessa imagem, vê-se claramente que não era mais minha mãe que escolhia minhas roupas. até porque se assemelha demais com o que eu visto hoje. cabelo sem graça, calça jeans surrada, allstar velho, camiseta branca (uniforme alternativo na escola hahahah) e o moleton que era de mamãe amarrado na cintura. nessa foto, eu tinha 13 anos. usei esse moleton até os 17. eu sou muito punk rock.

#5: 15 anos... a doce época que a gente quer se auto-afirmar né? daí poe umas roupas nada a ver e faz a família passar vergonha em pontos turísticos. essa blusa eu até acho bonita, tenho até hoje e uso pra dormir. a calça... bom, teve um tempo que eu achava que calça de skatista caía bem em mim. tinha várias. ainda bem que passou. o legal dessa calça eram os zípers revolucionários na altura do joelho, daí você abria e: ELA VIRAVA UMA BERMUDA! UAU! e não, não tenho fotos só com a bermuda (não em pé). e os tênis da adidas, clássicos. me machucavam horrores. ah, essa pantera cor-de-rosa pendurada na bolsa era outra coisa que eu achava o máximo. era só uma pelúcia, de enfeite. tava no japão, deem um desconto. isso aí não era nada perto do que eu via nas ruas.

#6: bom, essa foto tem mais de 10 anos e se não fosse pela """magreza""" poderia dizer que é recente. assim, por causa das roupas. calça eu mesma rasguei, como podem ver a coisa mal feita, totalmente hand made. não consigo zuar nada além disso, porque eu usaria essa roupa tranquilamente. ainda tenho essa blusa, usei pouquíssimas vezes e ela tá praticamente zerada. o único ruim dela é que tem alguma coisa que me pinica o pescoço.

que pena que todas as minhas fotos estão na casa da minha mãe.
seria uma busca interessante atrás de flagras pra esse post. a maioria das fotos eu tirei do meu orkut mesmo.

mas uma lição eu tiro disso: o tempo, realmente, só nos valoriza.
e que a moda se repete.
e que as roupas do japão duram pra cacete.



daqui dez anos eu faço o upgrade.
sério.

10 de mar de 2013

releitura.

desde que leio blogs gringos, tem uma coisa que eu sempre achei legal: o advent calendar.
se estiver com preguiça do link, saiba que é um calendário de contagem regressiva pro dia do natal. geralmente ele é direcionado pra crianças e a cada dia há uma surpresa/atividade relacionada com as festas de fim de ano - montar árvore, presépio, assar biscoitos, ouvir corais, ver as luzes da cidade, ler histórias, ouvir e cantar músicas natalinas.
eu até faria pra luana, se natal fosse uma festa que eu gostasse e tivesse alguma tradição. pra ter uma ideia, nem árvore de natal eu tenho (sim, já guardo dinheiro pra terapia da minha filha no futuro hah).

daí pra compensar isso (a luana simplesmente ADORA o natal), eu resolvi fazer uma versão do calendário do advento no aniversário dela.
ela faz ano no dia 23, o calendário do advento vai até dia 24. daria certinho.
vi esse modelo, simples e neutro. me apaixonei.
daí corre imprimir, recortar, dobrar, fazer comprinhas, listas, embrulhar tudo e pendurar na parede. tudo isso em momentos que a luana não estivesse em casa. porém eu sempre vou adiando até o último minuto, e no dia 28 de fevereiro eu pedi pra ela ficar um tempo no quarto enquanto eu terminava a surpresa na sala.


cada piramidezinha aí tem uma surpresa. são simples, tipo doces, brincos, cartelinha de adesivos, sair pra tomar sorvete ou alugar um filme. ela abre um por dia e eu nunca vi essa menina tão ansiosa em toda minha vida.
o do dia 1º de março, ela quis abrir à meia-noite, porque não iria conseguir dormir pra só abrir quando estivesse de dia.


to meio que sentindo orgulhinho dessa ideia.
tão simples e barata... e luana está radiante :)